Últimas notícias

Hoje na história

RSS
29 de dezembro de 1926.

Morre Rainer Maria Rilke um dos mais importantes poetas de língua alemã do século XX


Rainer Maria Rilke (Praga, 4 de dezembro de 1875 - Valmont, Suíça, 29 de dezembro de 1926) foi um dos mais importantes poetas de língua alemã do século XX.

Rilke fez seus estudos nas universidades de Praga, Munique e Berlim. Em 1894 fez sua primeira publicação, uma coleção de versos de amor, intitulados Vida e canções (Leben und Lieder), 1894.

Alguns anos depois, em 1899, Rilke viajou para a Rússia a convite de Lou Andreas-Salomé, a escritora e depois psicanalista, filha de um general russo, por quem Friedrich Nietzsche fora apaixonado, também conhecida por seu envolvimento amoroso com Sigmund Freud e que foi sua amante por longos anos. Sua passagem pela Rússia imprimiu uma inspiração religiosa em seus poemas. Rilke passou a enxergar a natureza, dada as dimensões e exuberância das paisagens russas, como manifestação divina presente em todas as coisas. Sobre este aspecto publicou em 1900 a coleção Histórias do bom Deus.

O século XX trouxe para a poesia de Rilke um afastamento do lirismo e dos simbolistas franceses com os quais ele se identificava. Em 1905, publicou O Livro das Horas de grande repercursão à época. Nesta obra, seus poemas já apresentavam um estilo concreto, bem característico desta sua fase.

Em Paris, Rilke trabalhou como secretário do escultor Auguste Rodin entre 1905 a 1906. Rodin exerceu uma influência sobre o poema de Rilke, que se reflete em suas publicações de 1907 a 1908.

Quando estourou a Primeira Guerra Mundial, em 1914, Rilke morava em Munique e lá permaneceu durante todo o conflito. Antes de se mudar para Munique, ele viveu na região do Trieste e publicou em 1913 a A vida de Maria (Das Merien Leben) e iniciou a redação de Elegias de Duíno (Duineser Elegien), texto que só viria a ser publicado em 1923. Duíno era um castelo na região de Trieste, Itália, onde Rilke morou por dois anos antes da Guerra. Após o conflito na Europa, Rilke mudou-se para a Suíça e lá redigiu livros importantes.

A obra de Rilke influenciou muitos autores e intelectuais em diversas partes do mundo. No Brasil foram seus leitores Sérgio Buarque de Hollanda entre outros. Sua poesia provocava a reflexão existencialista e instigava os leitores a se defrontarem com questões próprias do desencantamento da primeira metade do século XX.

Tags: Poeta, literatura, Elegias de Duíno






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 16.10

  • Dia da Ciência e Tecnologia
  • Dia de Santa Edwiges
  • Dia do Anestesiologista
  • Dia do Anjo Damabiah
  • Dia Mundial da Alimentação
  • Dia Mundial do Pão