Últimas notícias

Hoje na história

RSS
19 de fevereiro de 1993.

Morre Carlos Augusto Strazzer, ator brasileiro


Carlos Augusto Strazzer (São Paulo, 4 de agosto de 1946 - Petrópolis, em 19 de fevereiro de 1993) foi um ator brasileiro.

Participou de diversas peças teatrais, entre elas Cemitério de Automóveis, de Fernando Arrabal; O Balcão, de Jean Genet, dirigidos por Victor Garcia e produzidos por Ruth Escobar; A Moratória, de Jorge Andrade; o musical Evita, um dos maiores sucessos da cena carioca dos anos 80; e As Ligações Perigosas, de Choderlos de Laclos, outro êxito do final daquela década.

Ficou mais conhecido por sua participação na televisão, em muitas telenovelas e algumas minisséries, na Rede Globo, na TV Tupi, na Rede Manchete, na TV Bandeirantes e na TV Record. Era conhecido por interpretar vilões ou personagens misteriosos e místicos, aos quais impregnava de elegância e ambigüidade.

Fez alguns filmes, como Gaijin – os caminhos da liberdade (1980), de Tizuka Yamasaki; Eles não usam black-tie (1981), de Leon Hirszman; Com licença, eu vou à luta (1986), de Lui Farias e O Mistério do Colégio Brasil (1988), de José Frazão; além de participações especiais na produção internacional Moon Over Parador (1987), dirigida por Paul Mazursky; e no documentário Interprete mais, ganhe mais, dirigido por Andrea Tonacci, que trata do cotidiano do grupo teatral de Ruth Escobar e que ficou embargado na justiça por vinte anos.

Faleceu vítima de complicações em decorrência da AIDS em 1993, aos 47 anos incompletos.

Tags: Ator, cinema, teatro, novela






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 25.06

  • Dia da Agricultura
  • Dia de São Máximo de Turim
  • Dia de Salomão da Bretanha
  • Dia de São Guilherme
  • Dia do Anjo Nith-haiah
  • Dia do Cotonete
  • Dia do Imigrante
  • Dia do Quilo