Notícias

07.01.2011

José Sperotto volta ao Parlamento e acredita na política com resultados

Reeleito com 32.458 votos, José Francisco Soares Sperotto (PTB) quer dar continuidade ao que chama de política com resultados: “Acho que o legislador não está aqui só para fiscalizar ou só para criar leis, tem que fazer acontecer as coisas, e é para isso que eu estou voltando”, afirma o parlamentar, explicando que um dos projetos pelos quais pretende lutar é o da ponte do Guaíba.

“Iniciei esse trabalho em janeiro de 2005, quando ninguém falava em uma nova ponte, mas eu, como morador daquele município, sabia das dificuldades que se enfrentava, principalmente das dificuldades de investimentos para a Metade Sul como um todo, em função dessa tranqueira, dessa barreira, na travessia atual”, explica. “Vamos dar continuidade a esse trabalho, vamos a Brasília, vamos buscar a construção dessa nova ponte”, assegura, reconhecendo que, hoje, “infelizmente, não existe nada”. Segundo ele, a concessionária possuía um projeto - cuja maquete chegou a ficar exposta no saguão de entrada da Assembleia - mas que, no entanto, não foi levado adiante pelo atual governo.

Outra preocupação do parlamentar é com o apoio às micro e pequenas empresas. Já no primeiro mandato, assumiu a coordenação da frente parlamentar que tratava do assunto. Segundo ele, as micro e pequenas empresas são responsáveis por mais de 80% dos empregos gerados no país. “É algo muito importante, que eu defendo desde que cheguei aqui”, afirma.

Também o projeto de inclusão do suco de uva na merenda escolar é citado pelo parlamentar como uma iniciativa com vistas à geração de emprego e renda. A matéria, de sua autoria, resultou na Lei nº 13.247, sancionada em setembro do ano passado. “Agora, temos que regulamentá-la e fazer com que realmente funcione”, defende.

Trajetória e votação
Segundo suplente em 2002, pelo PFL (hoje, DEM), José Sperotto assumiu um posto na Assembleia Legislativa em janeiro de 2005 no lugar do deputado Bernardo de Souza (PPS), eleito prefeito de Pelotas. Em 31 de janeiro de 2007, com 37.904 votos, assumiu seu segundo mandato. Em 2 de outubro de 2009, filiou-se ao PTB e teve o mandato cassado em razão da troca de partido. O lugar foi ocupado pelo democrata Francisco Pinho, que tomou posse em 22 de dezembro de 2009.

Agora, em 2010, Sperotto elegeu-se com 32.458 votos, provenientes em grande parte de sua terra natal, Guaíba, onde obteve mais de 20 mil votos, e outros municípios da Região Metropolitana.

José Sperotto é arquiteto, formado pela Unisinos, e lojista. Foi secretário de Turismo do governo Yeda Crusius. Na Assembleia, coordenou as frentes parlamentares das Pequenas e Microempresas e da Pró-Ponte do Guaíba. Integrou as comissões de Economia e de Finanças e presidiu a comissão de obras da construção do Memorial do Legislativo. É casado com Márcia e tem dois filhos, Vinícius e Natália.

Por Marinella Peruzzo - MTB 8764

Edição: Sheyla Scardoelli - MTB 6727

Fonte: Assembleia Legslativa do RS