Notícias

15.04.2011

Landell de Moura inventou o rádio, afirma professor

Não foi o italiano Guglielmo Marconi (1874-1937), mas o padre porto-alegrense Roberto Landell de Moura (1861-1928) quem inventou o rádio, garante o 1º tenente Gentil César Bruscato, professor de Física do Colégio Militar de Porto Alegre, que ocupou a Tribuna Popular da Câmara Municipal da Capital na sessão desta quinta-feira (14/4). Integrante do Clube de Radioamadorismo da escola - batizado com o nome do inventor gaúcho -, ele lembrou que 2011 foi instituído pelo governo municipal como Ano da Inovação Padre Landell de Moura, com o objetivo de marcar os 150 anos de nascimento do religioso.

Bruscato destacou a importância de Landell de Moura para a ciência mundial. Segundo ele, o sacerdote foi o primeiro a transmitir a voz humana sem a utilização de fio, em 1900, portanto bem antes de outros inventores, como Marconi - que obteve o feito apenas em 1914. Desde 1892 e 1893, de acordo com o professor, o padre vinha realizando experiências nesse sentido. “Landell de Moura era um porto-alegrense muito à frente de seu tempo”, frisou. Hoje, conforme o professor, graças ao esforço da prefeitura e da InovaPoa, diversas instituições estão sendo articuladas em um movimento de resgate da memória e do legado do padre inventor.

Para Bruscato, se Landell de Moura tivesse tido apoio, provavelmente “estaria escrito na História que quem inventou o rádio foi um porto-alegrense”. Dessa forma, na sua opinião, é sempre necessário que os agentes públicos prestem atenção a todos projetos que tenham por objetivo a inovação tecnológica. Por fim, o 1º tenente, realizou um experimento baseado na Reflexão Interna Total. Munido de uma garrafa pet com água, projetou um facho de luz sobre a mesma para provar que é possível alterar o caminho das ondas luminosas. “Landell de Moura teve essa visão, e conseguiu transmitir a voz humana em ondas luminosas”, afirmou.

Além do professor e da presidente da Câmara, Sofia Cavedon (PT), participou da Mesa durante a Tribuna Popular o secretário municipal da InovaPoa, Newton Braga Rosa. Ele agradeceu o apoio da Câmara e, dirigindo-se aos alunos do Colégio Militar que assistiram à sessão, destacou Landell de Moura como um exemplo de que vale à pena estudar e se aperfeiçoar.

Por Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)

Fonte: Câmara Municipal de Porto Alegre