RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Notícias - União Europeia impõe “lei de Talião” contra Trump

Últimas notícias

Notícias

RSS
09.03.2018 | Mundo

União Europeia impõe “lei de Talião” contra Trump

Bandeiras da União Europeia: Trump decretou nesta quinta-feira tarifas de 25% e 10% às importações de aço e alumínio, respectivamente. (Francois Lenoir/Reuters)

Para compensar prejuízo com anúncio de Trump, a UE preparou uma "lista provisória" de produtos americanos a serem fortemente taxados

A União Europeia queria evitar uma guerra comercial, mas diante do anúncio de Washington de impor tarifas a produtos siderúrgicos europeus, se prepara para a batalha com medidas como taxar fortemente produtos americanos para compensar o prejuízo causado.

O presidente americano, Donald Trump, decretou nesta quinta-feira tarifas de 25% e 10% às importações de aço e alumínio, respectivamente.

Os europeus consideram que a imposição destas tarifas às exportações de ambos os produtos siderúrgicos saídos de todos os países do bloco com destino aos Estados Unidos representará perdas de 2,830 bilhões de euros (3,485 bilhões de dólares).

Para compensar esse prejuízo, a UE, que exporta a cada ano cerca de 5,3 bilhões de euros de aço e 1,1 bilhão de alumínio, preparou uma “lista provisória” de produtos americanos a serem fortemente taxados em virtude, segundo a Comissão Europeia, das regras da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Em sua lista, a Comissão, encarregada na UE do comércio internacional, utiliza uma nomenclatura precisa e genérica dos produtos, embora seu titular, Jean-Claude Juncker, tenha detalhado na semana passada que preparavam medidas de resposta a produtos como “Harley-Davidson” e jeans “Levi’s”.

Veja a seguir a lista provisória de produtos fabricados nos Estados Unidos que se uniria a outras medidas analisadas por Bruxelas como forma de proteger o setor siderúrgico europeu, ou uma demanda conjunta de todos os países afetados por Washington na OMC.

Aço

Com pouco mais de 100 produtos siderúrgicos, desde vários tipos de aço laminado, barras de aço inoxidável até grades, ferramentas e talheres, os europeus esperam recuperar cerca de 853 milhões de euros dos prejuízos causados pelas medidas de Trump.

Roupa, maquiagem, motos

Camisas e camisetas de algodão, lã e outros tecidos; calças jeans para homens e mulheres; batons e sombra para os olhos; ciclomotores de uma cilindrada superior a 500 cm3; barcos à vela, de recreação, ou esportivos, com ou sem motor. Com as tarifas a estes produtos industriais e têxteis, a UE espera recuperar cerca de 1,025 bilhão de euros.

Milho, mirtilos, suco de laranja

Por um montante de quase 347 milhões de euros, a UE tem em sua mira produtos agrícolas como o milho, vários tipos de arroz, suco de laranja sem fermentar e mirtilos tanto em suco como preparados.

Uísque bourbon, cigarros e charutos

Os europeus esperam recuperar até 604 milhões de euros com as taxas a produtos agrícolas processados como manteiga de amendoim, milho doce em grão preparado ou conservado no vinagre, uísque bourbon, tabaco para cachimbo ou de mascar, charutos, cigarrilhas, cigarros, entre outros.

Fonte: Exame.com


Tags: União Europeia, Lei de Talião, economia, retaliação, tarifas





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

notícias Relacionadas

Comemoramos hoje - 22.09

  • Data da Juventude do Brasil
  • Dia da Banana
  • Dia da Defesa da Fauna
  • Dia de São Maurício
  • Dia do Anjo Hahahel
  • Dia do Ciclista
  • Dia do Contador
  • Dia Mundial Cidade sem meu Carro