RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Notícias - Trump diz que construção de muro começa imediatamente

Últimas notícias

Notícias

RSS
26.03.2018 | Mundo

Trump diz que construção de muro começa imediatamente

Donald Trump analisou protótipos do muro em meados de março

No Twitter, presidente dos EUA afirma que muito pode ser feito com os US$ 1,6 bilhão aprovados para a construção de um muro na fronteira com o México. Verba está longe dos 25 bilhões solicitados pelo governo.


Donald Trump analisou protótipos do muro em meados de março

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste domingo (25/03), em mensagem publicada na sua conta no Twitter, que a construção de um muro na fronteira com o México começará "imediatamente". O Congresso americano aprovou na sexta-feira o orçamento de 2018, no qual uma verba de 1,6 bilhão de dólares foi destinada para esse fim.

"Muito pode ser feito com os US$ 1,6 bilhão outorgados para construir e reformar o muro fronteiriço. É só um pagamento inicial. O trabalho começará imediatamente", escreveu Trump. "O resto do dinheiro virá", acrescentou.

O Congresso americano deu sinal verde na sexta-feira, horas antes de expirar os fundos governamentais, a um projeto orçamentário de 1,3 trilhão de dólares para o ano fiscal 2018.

Os fundos, aprovados com o respaldo dos líderes democratas, incluem uma verba de 1,6 bilhão de dólares para iniciar a construção do muro na fronteira sul com o México, uma das principais promessas de campanha de Trump. Essa cifra, no entanto, fica longe dos 25 bilhões de dólares que o presidente tinha pedido ao Legislativo.

Dos 1,6 bilhão aprovados, 251 milhões de dólares devem ser usados para substituir a dupla cerca que já existe entre San Diego, Califórnia, e Tijuana, México.

"Construir uma grande muralha na fronteira, com drogas e combatentes inimigos entrando no nosso país, tem a ver com a Defesa Nacional", acrescentou o presidente no Twitter.

Em uma visita à Califórnia em meados de março, Trump analisou oito protótipos do muro, que foram construídos em uma área entre Otay Mesa, Califórnia, e Tijuana. Após a inspeção, o presidente afirmou, em um discurso perante militares, que havia "dois ou três" destes modelos preliminares que "realmente" funcionariam.

Trump disse também neste domingo que a verba orçamental destinada ao Pentágono servirá para "reconstruir" as Forças Armadas americanas, criar muitos empregos e para que o Exército "volte a ser rico".

O orçamento americano foi aprovado pelo Congresso na sexta-feira e recebeu votos de republicanos e democratas. No Senado, ele passou por 65 votos a favor e 32 contra e Câmara Baixa contou com 256 votos favoráveis e 167 contrários.

Apesar de ameaçar vetar a proposta por não ter recebido mais dinheiro para a construção do muro, Trump ratificou o orçamento pouco depois de sua aprovação no Legislativo.

O orçamento prevê ainda um aumento de 66 bilhões de dólares nos repasses para o Pentágono, cujo orçamento é de US$ 700 bilhões. No acordo aprovado, não há qualquer referência aos jovens imigrantes ilegais conhecidos como "sonhadores", ameaçados de deportação pelas políticas de imigração de Trump e cujo futuro foi imposto como condição pelos democratas para seu apoio às contas.

CN/efe/lusa

Fonte: Deutsche Welle


Tags: Donald Trump, EUA, México, muro, imigrantes





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Datas anteriores:

notícias Relacionadas

Comemoramos hoje - 28.03

  • Dia de São Guntrano
  • Dia do Diagramador e do Revisor