Últimas notícias

Colunistas

RSS
A Arca de Noé

Carlos Mello

05.12.2012

A Arca de Noé

É deprimente saber que atualmente ainda existam pessoas que acreditam na lenda da arca de Noé. Nas aulas de religião era vergonhoso como apresentavam esta estória, não era permitida NENHUMA pergunta, era escutar e aceitar. Felizmente esta época está acabando e o questionamento sobre as tolices religiosas é o maior desespero dos representantes do Ser invisível que mora nas nuvens.

A ridícula estória é o conhecido ataque de mau humor de Deus que, de repente, se arrependeu de ter criado a humanidade e decide assassinar a todos, afogando-os em um dilúvio global.

Gênesis 6, 6 Então arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe em seu coração.

Gênesis 6, 7 E disse o SENHOR: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito.

A lenda já começa com uma burrice ou sadismo. Se o tal Deus era onipotente como garantem os crédulos, porque não fez todos desaparecerem de uma só vez e reconstruísse tudo novamente? Mas não, tinha que ser com sofrimento, mostrando todo o amor celestial, ao desconsiderar e assassinar de forma agonizante milhões de seres vivos sem pensar que as crianças, animais e plantas não tinha nada a ver com suas acusações.

Como tudo nesta lenda é exageradamente ridícula, só vou ajudar as coitadas das crianças que ainda tem contato com aulas de religião, deixando algumas perguntas para questionarem aos “professores” desta matéria. Isto se permitirem perguntas, porque aula de religião com questionamentos é uma tarefa quase impossível.
As perguntas são bem simples, não abordando qualquer detalhe técnico para não fazer uma aula virar motivo de riso para o resto do ano.

- De onde saiu tanta água e para onde foi depois, já que a bíblia diz que inundou até 8m acima do Monte Everest?

- Como alojaram cerca de 10 bilhões de seres vivos existentes? Lembre-se que o Titanic, por exemplo, alojava 3500 pessoas.

- Como alimentaram esses bichos? Um casal de leões precisa de 10 Kg de carne por dia, um casal de elefantes de 200 Kg. Seriam necessárias toneladas de alimentos por dia.

- O que comeram os casais de carnívoros quando desceram da arca? O leão nunca teve vontade de dar uma mordidinha na zebra ou viraram vegetarianos durante o dilúvio?

- A arca era climatizada? Senão como os ursos polares, pinguins e outros animais dos pólos sobreviveram?

- Como chegaram os animais de outros continentes até a arca?

- Como era feita a higiene?

- E os animais que vivem em colônias, como abelhas e formigas, foram levados, só um casal de cada também?

- Como foi construído um barco de madeira de 130 metros de comprimento com uma tecnologia de milênios atrás se o maior barco de madeira construído não passou de cem metros e ainda usava estrutura de ferro?

- Porque não acharam os restos da arca se sabem onde parou?

- Por que não existe registro geológico de nenhum dilúvio universal?

- Conforme a cronologia bíblica, o dilúvio teria ocorrido que há cerca de 4.000 a 4.500. Então de onde surgiram os negros, asiáticos e índios?

Alguns colégios passam longe desta coisa cheia de impossibilidades que nem como metáfora serve, pois qual seria a mensagem? Que Deus é um criminoso? Isso não deveria nem ser apresentado para crianças.

No meu tempo, quando aparecia qualquer pergunta sobre esse conto, a resposta dos brilhantes mestres era: "COM DEUS SE PODE TUDO'' e compreensivelmente encerravam as explicações.

Os contos bíblicos são quase todos risíveis, mas esse considero o segundo mais estúpido.


Tags: Carlos Mello, artigo


Carlos Mello é formado em Economia pela UFRGS, trabalha com Avaliações Financeiras e Cálculos Periciais. Reside em Porto Alegre.

Email: carlosmello@ufrgs.br
Telefone: (51) 99113-2232




Opinião do internauta

  • Roberto Henry Ebelt (05.12.2012 | 10.33)
    Pois é, a mitologia judaico-cristã nos apresenta uma divindade vingativa e incompetente. "Criou" o ser humano duas vezes e duas vezes só produziu uma humanidade detestável (vide o bebê de rosemary). Esta divindade está mal, mesmo. Ou a mitologia judaico-cristã não passa de uma mentirologia. Que é o que eu creio, sem sombra de dúvida.
  • Resposta do Colunista:

    Henry, independente de crença em alguma divindade, aquele livro sagrado, aliás todos os livros sagrados, só tem mitologia, NADA pode ser comprovado. No passado existiu outras mitologias como Thor, Hórus, Grande Juju da Montanha, Krishna, Mitra, Attis, Zarathustra ...

    A lista é enorme, e todos esses citados são ANTERIORES a Cristo.

    Obrigado pela participação.

Deixe sua opinião

colunas anteriores

Comemoramos hoje - 24.09

  • Dia de São Geraldo
  • Dia do Anjo Veuliah
  • Dia Mundial do Coração