Últimas notícias

Hoje na história

RSS
12 de abril de 1972.

A Guerrilha do Araguaia começa no sul do Pará, Brasil


A Guerrilha do Araguaia foi um conjunto de operações militares ocorridas durante a década de 1970 promovidas por grupos contrários ao Regime militar em vigor no Brasil. Proclamados como revolucionários, eram considerados terroristas pelo poder instituído, ainda assim sendo considerados por alguns brasileiros.
O movimento foi organizado pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), na ilegalidade, entre 1966 e 1974. Por meio de uma guerra popular prolongada, os integrantes do PCdoB pretendiam implantar o comunismo no Brasil, iniciando o movimento pelo campo, à semelhança do que já ocorrera na China (1949) e em Cuba (1959).
O palco de operações se deu onde os estados de Goiás, Pará e Maranhão faziam fronteira. O nome foi dado à operação por se localizar às margens do rio Araguaia, próximo às cidades de São Geraldo e Marabá no Pará e de Xambioá, no norte de Goiás (região onde atualmente é o norte do Estado de Tocantins, também denominada como Bico do Papagaio).
Estima-se que participaram em torno de setenta a oitenta guerrilheiros sendo que, destes, a maior parte se dirigiu àquela região em torno de 1970. Entre eles, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), José Genoíno, que foi detido pelo Exército em 1972.

Tags: Guerrilha do Araguaia, PCdoB, José Genoíno, golpe militar






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 20.04

  • Dia do Diplomata
  • Dia do Disco
  • Santa Inês de Montepulciano