Últimas notícias

Hoje na história

RSS
22 de março de 1848.

Reino Lombardo-Vêneto: ocorre a revolução popular (Os Cinco Dias de Milão), os austríacos são expulsos de Milão, que se torna a capital do Governo Provisório da Lombardia (Governo Provvisorio della Lombardia)


O Reino Lombardo-Vêneto foi um estado que existiu na Península Itálica de 1815 a 1866. Nasceu sob o controle do Império Austríaco, durante a restauração que seguiu-se ao período napoleônico. Oficialmente foi instituído em 9 de Junho de 1815 no Congresso de Viena, com Francisco I da Áustria que se tornou Francisco I rei da Lombardia e Vêneto. Francisco I reinou no período 1815-1835 e lhe sucedeu Fernando I da Áustria em 1835-1848. Em 1866, o Reino Lombardo-Vêneto foi anexado pelo Reino da Sardenha que passou a denominar-se Reino da Itália.

Depois da restauração, o desejo de independência espalhou-se por toda a Itália. Em todos os lugares desenvolveram-se agregações revolucionárias e sociedades secretas (Carbonários), inspiradas pela ideologia da Revolução francesa, que fomentaram alguns complôs. A primeira atuação foi da Carboneria Napolitana (1820), que conseguiu do Rei Ferdinando a Constituição Espanhola de 1812.

Muitos outros motins explodiram depois em toda Itália, mas foram todos severamente reprimidos. Homens como Mazzini (que fundou em 1831 a associação de patriotas Giovine Itália), Buonarroti, Balbo e Gioberti que levantaram o problema da unidade nacional, propondo diferentes soluções (enquanto Gioberti desejava um estado sob a direção do Papa, Mazzini esperava uma revolução que teria levado à República). Foi no ano de 1848 que se iniciaram verdadeiras batalhas para a independência. Revoltaram-se Palermo, Milão (os Cinco Dias de Milão) e depois Veneza.

“Os cinco dias de Milão” (Cinque Giornate di Milano) foi um dos maiores episódios da história do Risorgimento italiano do século XIX.

Quase em simultâneo com os movimentos populares de 1848, que aconteceram no Reino Lombardo-Vêneto, surgem, a 18 março deste ano, na cidade de Milão. Este foi o primeiro episódio das classes populares, liderados por homens conscientes dos objetivos de que sua luta poderia influenciar as decisões do rei da Sardenha.

Na noite de 22 de março de 1848, os austríacos se retiraram do Quadrilátero, um sistema defensivo da Áustria no Reino Lombardo-Vêneto, que se desdobrava em um quadrilátero cujos vértices são as fortalezas de Peschiera del Garda, Mantova, Legnago e Verona.

Tags: Itália, revolução, Milão, Risorgimento






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 17.05

  • Dia da Constituição
  • Dia de São Pascoal Bailão
  • Dia Internacional da Hipertensão
  • Dia Mundial da Internet
  • Dia Mundial da Sociedade da Informação
  • Dia Mundial de Combate a Homofobia