Últimas notícias

Hoje na história

RSS
02 de julho de 2001.

Argentina prende um símbolo da tortura: Alfredo Astiz é considerado um dos mais violentos representantes da repressão argentina


Um dos mais violentos repressores da última ditadura militar argentina, o ex-capitão Alfredo Astiz, foi preso em seu país, no dia 2 de julho de 2001, a pedido da Justiça italiana. Nos tribunais romanos, o ex-militar é acusado de ter sido responsável pelo desaparecimento de três cidadãos italianos em território argentino durante o regime militar (1976-83). Organismos de defesa dos direitos humanos comemoraram a prisão e exigiram a extradição de Astiz para a Itália.

Tags: Repressão, ditadura, Argentina






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 22.05

  • Dia das Comunidades Eclesias de Base
  • Dia de Santa Rita de Cássia
  • Dia do Apicultor
  • Dia do Hóquei sobre Patins
  • Dia Internacional para a Diversidade Biológica (ONU)
  • Festival de Rosália, em honra das deusas Flora e Vênus (mitologia romana)
  • Santa Júlia de Cartago, virgem e mártir
  • Santa Quitéria, uma santa virgem e mártir do século V