Últimas notícias

Hoje na história

RSS
19 de abril de 1993.

FBI invade rancho de fanáticos religiosos no Monte Carmel, provocando um incêndio que matou todos os adeptos, inclusive crianças


O cerco de Waco começou em 28 de fevereiro de 1993, quando o Bureau norte-americano de Álcool, Tabaco e Armas de Fogo (ATF) tentaram cumprir um mandado de busca na fazenda de Branch Davidian, em Monte Carmelo, uma propriedade localizada nove milhas (14 km ) a leste-nordeste de Waco, Texas.

Uma troca de tiros resultou na morte de quatro agentes e seis seguidores de David Koresh.

Nos 51 dias subsequentes, houve um cerco pelo Bureau Federal de Investigações (FBI), que terminou em 19 de abril quando o fogo destruiu o complexo. Setenta e seis pessoas (24 delas de nacionalidade britânica) morreram no incêndio, incluindo mais de 20 crianças, duas mulheres grávidas, e David Koresh.

Segundo as autoridades norte-americanas, a tragédia em Waco foi provocada por alguns “davidianos” e seus líderes, que atiraram e mataram quatro agentes do governo, feriram outros 20, atiraram em agentes do FBI que tentavam jogar gás lacrimogêneo no edifício, colocaram fogo no complexo e mataram pelo menos 20 de seus próprios membros, incluindo cinco crianças.

Tags: Waco, David Koresh, FBI






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 26.02

  • Dia de Santo Alexandre
  • Dia de São Porfírio de Gaza
  • Dia do Comediante