Últimas notícias

Hoje na história

RSS
30 de abril de 1977.

As Mães da Praça de Maio iniciam sua primeira marcha em frente à Casa Rosada

Manifestação das 'Madres de Plaza de Mayo'

As Mães da Praça de Maio (Madres de Plaza de Mayo) são mulheres que se reúnem na Praça de Maio, Buenos Aires, para exigirem notícias de seus filhos desaparecidos durante a ditadura militar na Argentina (1976-1983).

Alguns pais, considerados subversivos, tiveram seus filhos retirados de sua guarda e colocados para a adoção durante os sete anos de ditadura. Quando acabou a ditadura, muitos filhos estavam sob guarda de famílias de militares. A situação é retratada no filme La historia oficial, o primeiro da América Latina a vencer o Oscar de melhor filme estrangeiro, que mostra uma manifestação do grupo. As mães da Praça de Maio ganharam o Prêmio Sakharov em 1992.

Ainda hoje, todas as quintas-feiras, as mães realizam manifestações na Praça de Maio, em frente à Casa Rosada, buscando manter o desaparecimento de seus filhos vivo na memória de todos os argentinos.

Origem

Seu objetivo inicial era ter uma audiência com o presidente da Argentina o general Jorge Rafael Videla. Para fazê-lo se reuniram na Praça de Maio em Buenos Aires e organizaram uma manifestação pública pacífica exigindo saber o paradeiro de seus filhos.

A ideia da reunião na “Plaza de Mayo” surgiu no sábado 30 de abril de 1977, quando o grupo inicial de 14 mães de presos e desaparecidos estava esperando ser atendidas pelo secretário do vigário militar na Cúria Metropolitana (em Buenos Aires).

Uma delas, Azucena Villaflor, propôs: "Individualmente não vamos conseguir nada. Por que não vamos todos para a Plaza de Mayo? Quando virem que somos muitas, Videla terá que nos receber".

A escolha da Plaza de Mayo foi porque ela está localizada em frente à Casa Rosada, sede da Presidência e é aí que tradicionalmente tem havido manifestações políticas. Quatorze mães caminharam até a praça e puseram-se em frente à entrada principal da Casa Rosada.

Fonte: Wikipédia


Tags: Ditadura, Argentina, Praça de Maio, Locas, desaparecidos, A História Oficial, La Historia Oficial






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 16.09

  • Dia da Conservação e Fertilidade do Solo
  • Dia de São Cipriano
  • Dia de São Cornélio
  • Dia do Anjo Chavakiah
  • Dia Internacional da Paz
  • Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio