Últimas notícias

Hoje na história

RSS
22 de julho de 1939.

Plínio Salgado se exila em Portugal devido a sua campanha integralista (nazi-fascista) no Brasil


Plínio Salgado foi um jornalista, intelectual e filósofo brasileiro, fundador da Ação Integralista Brasileira, tornando-se o chefe deste movimento nacional. O Integralismo de Plínio Salgado configurou-se como o maior movimento nacionalista da história do Brasil.

Foi deputado federal pelo estado do Paraná em 1958 e por São Paulo em 1962, ambos pelo Partido de Representação Popular (PRP), fundado por ele mesmo após voltar do exílio em Portugal no ano de 1946.

Foi também candidato à presidência da República, em 1955, obtendo cerca de 8% dos votos. Após o Golpe de 1964 e a extinção do PRP, ele juntou-se a Arena (Aliança Renovadora Nacional) e teve mais dois mandatos de deputado federal, um em 1966 e outro em 1970. Aposentou-se da vida política em 1974. Foi opositor do comunismo e do liberalismo.

Tomou parte no Modernismo em seu aspecto nacionalista e foi membro da Academia Paulista de Letras. Também fundou e dirigiu vários jornais.

Tags: Integralismo, fascista, fascismo, nazismo, nazista, nazi-fascista






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 28.01

  • Aniversário da instituição do Município de Passo Fundo, RS (1857)
  • Dia da Abertura dos Portos (1808)
  • Dia da Hospitalidade
  • Dia da Loteria
  • Dia de São Tomás de Aquino
  • Dia do Comércio Exterior
  • Dia do Portuário
  • Dia Internacional da Proteção de Dados
  • Dia Internacional do Lego
  • Dia Mundial dos Corais da Amazônia
  • Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo
  • Dia Nacional do Auditor-Fiscal do Trabalho