Últimas notícias

Hoje na história

RSS
19 de agosto de 1961.

Jânio Quadros condecora Che Guevara, durante a visita do líder ao Brasil. Em um ato de protesto, vários militares devolvem suas condecorações


Jânio condecorou, no dia 19 de agosto de 1961, com a “Ordem do Cruzeiro do Sul”, Ernesto Che Guevara, o guerrilheiro argentino que fora um dos líderes da revolução cubana - e era ministro daquele país - em agradecimento por Guevara ter atendido a seu apelo e libertado mais de vinte sacerdotes presos em Cuba, que estavam condenados ao fuzilamento, exilando-os na Espanha.

Jânio fez esse pedido de clemência a Guevara por solicitação de dom Armando Lombardi, núncio apostólico no Brasil, que o solicitou em nome do Vaticano.

As possíveis conseqüências desse ato podem ter sido mal calculadas. Sua repercussão foi a pior possível.

A oposição aproveitou-se desse mero ato de cortesia, feita a um governante que havia prestado um favor ao Brasil, para transformá-lo em tempestade num copo dágua. Na imprensa e no Congresso começaram a surgir violentos protestos contra a condecoração de Guevara.

Alguns militares ameaçaram devolver suas condecorações em sinal de protesto. Em represália ao que foi descrito como um apoio de Jânio ao regime ditatorial de Fidel, nesse mesmo dia, Carlos Lacerda entregou a chave do Estado da Guanabara ao líder anti-castrista Manuel Verona, diretor da Frente Revolucionária Democrática Cubana, que se encontrava viajando pelo Brasil em busca de apoio à sua causa.

Tags: Guevara, Cuba, Ordem do Cruzeiro do Sul






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 11.04

  • Dia da Escola de Samba
  • Dia da Organização Internacional do Trabalho
  • Dia de Santa Gema Galgani
  • Dia de Santo Estanislau
  • Dia do Exército da Salvação