Últimas notícias

Hoje na história

RSS
21 de agosto de 0634.

Início do cerco de Damasco, então uma cidade do Império Bizantino, pelas tropas do Califado Ortodoxo.

Bab Kisan, uma das seis portas das muralhas de Damasco

O Cerco de Damasco de 634 foi uma conflito militar entre o Califado Ortodoxo e o Império Bizantino pela posse da cidade de Damasco entre 21 de agosto e 19 de setembro de 634, No seu final, as tropas do califado comandadas por Calide ibne Ualide conquistaram a cidade aos bizantinos. Damasco foi a primeira grande cidade bizantina a cair durante a Conquista muçulmana da Síria, uma das primeiras guerras bizantino-árabes.

A última das guerras romano-persas tinha terminado em 627, quando o imperador bizantino Heráclio concluiu uma campanha vitoriosa contra os persas sassânidas na Mesopotâmia. Na mesma época, Maomé uniu os árabes sob a bandeira do islã e após a sua morte em 632, Abu Becre sucedeu-lhe como primeiro califa ortodoxo (ou Rashidun). Após esmagar revoltas internas, Abu Becre procurou expandir o império muçulmano para além dos limites da península da Arábia.

Em abril de 634, Abu Becre invadiu territórios bizantinos no Levante e derrotou de forma decisiva o exército bizantino na Batalha de Ajnadayn, travada a 30 de julho de 634. As tropas muçulmanas marcharam seguidamente para norte e montaram cerco a Damasco. A cidade foi tomada depois de um padre monofisita ter informado Calide ibne Ualide que era possível penetrar nas muralhas atacando uma posição que estava pouco guarnecida durante a noite. Enquanto Calide entrava na cidade atacando a porta oriental, Tomás, o comandante da guarnição bizantina, negociava uma rendição pacífica na porta Jabiyah com Abu Ubaidah ibn al Jarrah, o segundo comandante muçulmano. Depois da rendição, Calide começou por discordar dos termos do acordo de paz oferecidos aos sitiados por Abu Ubaidah, mas acabou por concordar respeitá-los. O acordo incluía a garantia de que durante a três dias não haveria perseguições por parte dos muçulmanos contra o comboio bizantino que sairia da cidade imediatamente. Calide respeitou essa garantia, mas no final do prazo iniciou a perseguição dos refugiados damascenos que se dirigiam para Antioquia e derrotou-os em batalha seis dias depois, perto do que é hoje Al Jayyad.

Fonte: Wikipédia


Tags: Cerco de Damasco de 634, Damasco, cerco, Califado Ortodoxo, Império Bizantino, Islã, Maomé






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 03.12

  • Dia de São Francisco Xavier
  • Dia Internacional do Portador de Deficiência Física