Últimas notícias

Hoje na história

RSS
15 de novembro de 1922.

Artur Bernardes toma posse como presidente da republica. Por causa do descontentamento de sua eleição, governou sob Estado de Sítio


Artur da Silva Bernardes (Viçosa, 8 de agosto de 1875 - Rio de Janeiro, 23 de março de 1955) foi um político brasileiro, presidente dos Estados Unidos do Brasil entre 15 de novembro de 1922 e 15 de novembro de 1926.

O descontentamento com sua vitória e com o governo de seu antecessor, Epitácio Pessoa, foram algumas das causas do chamado Levante do Forte de Copacabana, primeira ação do movimento tenentista. Como conseqüência dos levantes tenentistas, que mataram a sangue frio colegas de quartel que ainda estavam dormindo (outros dois aconteceriam nos anos seguintes), Bernardes teve que fazer frente à coluna Prestes, movimento guerrilheiro comunista que percorreu o país pregando a revolução e que jamais foi derrotado pelo governo.

Além da oposição por parte da baixa oficialidade militar (incentivados pela revolução comunista), ele ainda confrontou uma guerra civil no Rio Grande do Sul, onde Borges de Medeiros tentava se eleger presidente do estado pela quinta vez consecutiva, e também o movimento operário, que se fortalecia novamente. Em 1923 e 1924 ocorreram novas ações tenentistas no Rio Grande do Sul e em São Paulo, respectivamente. Tudo isso levou Bernardes a decretar quase que ininterruptamente o estado de sítio.

Tags: Estado de Sítio, Vargas, tenentismo, coluna Prestes, levante do forte






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 30.10

  • Dia da Decoração
  • Dia de São Geraldo
  • Dia de São Marcelo
  • Dia de São Quintino
  • Dia do Anjo Lelahel
  • Dia do Balconista
  • Dia do Comerciário
  • Dia Nacional de luta contra o Reumatismo