Últimas notícias

Hoje na história

RSS
31 de dezembro de 1687.

Perseguição e Dispersão dos Huguenotes: um grupo veleja desde a França em direção ao Cabo da Boa Esperança


Nos séculos XVI e XVII, os protestantes da França eram chamados Huguenotes. A maioria dos Huguenotes eram Calvinistas, seguidores de João Calvino.

Durante a maior parte do século XVI, os Huguenotes viram-se confrontados com uma perseguição feroz, que culminou em guerras civis religiosas nos finais do século. Luís XIV começou a perseguir os protestantes outra vez, levando muitos à fuga. Ele revogou o Édito de Nantes (supostamente irrevogável) em 1685, tornando o Protestantismo ilegal no Édito de Fontainebleau.

Depois disto, muitos Huguenotes fugiram para os países protestantes vizinhos, especialmente para a Prússia, cujo rei Frederico Guilherme (Friedrich Wilhelm) era calvinista (foi educado na Holanda) e lhes deu boas-vindas, na esperança de reconstruir o seu país destruído pela guerra e despovoado. Muitas das palavras de origem francesa no vocabulário alemão (por exemplo: Portemonaie - porta-moedas - ou Enquete - inquérito) foram introduzidas por estes novos elementos da sociedade da Prússia. Muitos destes novos compatriotas foram alojados em Berlim e nas proximidades.

Em 31 de Dezembro de 1687, um grupo de Huguenotes velejou desde França em direcção ao Cabo da Boa Esperança, na África do Sul, onde implantaram a cultura da uva e a produção do vinho. A África do Sul é hoje um dos principais produtores de vinho no Novo Mundo.

Tags: Huguenote, protestante, Calvino, calvinismo






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 12.06

  • Dia de Santa Alice
  • Dia do Anjo Hahahiah
  • Dia do Correio Aéreo Nacional
  • Dia dos Namorados
  • Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil