Últimas notícias

Hoje na história

RSS
03 de fevereiro de 1899.

Nasce em Natal, João Fernandes Campos Café Filho, futuro presidente do Brasil


João Fernandes Campos Café Filho (Natal, 3 de fevereiro de 1899 - Rio de Janeiro, 20 de fevereiro de 1970) foi um advogado e político brasileiro , sendo presidente do Brasil entre 24 de Agosto de 1954 e 8 de Novembro de 1955, a completar o mandato de Getúlio Vargas após este ter cometido suicídio.

Nascido no Rio Grande do Norte, trabalhou como jornalista e advogado durante a juventude, tendo participado da Aliança Liberal na campanha de 1930. Em 1933 fundou o Partido Social Nacionalista (PSN) do Rio Grande do Norte, e alguns anos mais tarde, o Partido Republicano Progressista.

Em 1934 e 1945 foi eleito deputado federal, e em 1950 foi indicado para vice-presidência na chapa de Getúlio Vargas. Com o suicídio de Vargas, em 1954, assumiu a Presidência, exercendo o cargo até novembro de 1955.

Nesta ocasião, ante os indícios cada vez mais evidentes de que não defenderia a posse do candidato eleito à Presidência, Juscelino Kubitscheck, foi afastado (a princípio temporariamente e depois definitivamente) da Presidência por um movimento político-militar liderado pelo general Teixeira Lott, culminado no Movimento de 11 de Novembro.

Após a presidência, foi ministro do Tribunal de Contas da Guanabara durante toda a década de 1960. Café Filho, educado na Primeira Igreja Presbiteriana de Natal, foi o primeiro presidente protestante do Brasil.

Café Filho foi também goleiro de futebol no Alecrim Futebol Clube em Natal, clube que até hoje é o único que teve em seu plantel um jogador que chegou ao posto de Presidente do Brasil.

Tags: Presidente






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 27.01

  • Dia da Abertura dos Portos (1808)
  • Dia de Santo Tomás de Aquino
  • Dia do Comércio Exterior